segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Meu texto Cacarecoclown! "Minha experiencia pós Ministrando com Artes"

Minha pequena criança de nariz vermelho

Muito esperei por este dia, desejava o meu coração conhecer-te. Ver teu sorriso, olhar o mundo com teus olhos. Não pensei que seria assim, mas como num passe mágico te encontrei. Tudo começou quando me desliguei de minhas seguranças e comecei a ser livre. Só dependia de mim, poder te dar a chance de nascer. Você precisava de mim e eu de ti. Sinto que verei muitos sorrisos quando juntos estivermos, minha pequena criança. Ao som de Aquarela, comecei a ver tudo diferente. Desenhar no ar, para mim, em outro momento seria algo ridículo, um tanto quanto infantil. Porém, assim precisa ser para que em mim pudesse nascer, desabrochar, o ser criança que estava adormecido dentro de minhas memórias. O meu clown em minha vida é vontade de Deus. Ele é a minha oportunidade de ser criança novamente... Com ele sou totalmente livre nos braços do Criador. 
O processo de "encontro", de "retorno" a minha realidade infantil, foi doloroso! Mas tudo isso valeu a pena, quando ao escutar a letra de Aquarela comecei a desenhar arvores, casas, bichos, flores, nuvens, sol, água... Não fazia isso a muito tempo. Tudo seria capaz de ter ali, só me bastava querer. Não havia nada que me impedisse de ser criança, de olhar o mundo com a simplicidade dos pequeninos. Quando o "comando" foi dado, desenhei um beija-flor, que para mim significou o próprio Espírito Santo, ele tinha o corpo azul e o peito meio bege. No bico trazia algo que não sabia o que era realmente, mas sentia que seria um presente. Algo que me faria ser mais feliz. Quando depois de dar algumas voltas, o beija-flor, colocou em minhas mãos um pequeno nariz de palhaço. Esse é o coração do meu clown,da minha criança, do meu palhaço, do meu clown. Não resistindo a demora em conhece-lo, coloquei aquele coração e assim nos tornamos um só. Imitando a Santíssima Trindade, que vive em perfeita união. Me vi totalmente livre, liberto de minhas seguranças, de meus preconceitos. Sem medo de ser ridículo, eu realmente era "um perdedor feliz".
O meu clown tem inclinações a arte. Sentia que o seu desejo era pintar um mundo diferente, com mais Alegria. Pintar sorrisos nas pessoas tristes, pintar presentes para as crianças no natal, pintar familias e um lar para aqueles que se encontram sozinhos e perdidos nas ruas de todo o mundo. Pintar um ar puro, diferentes bichos e cidades. Amizades novas e verdadeiras, amores incondicionais. Queria ele que todos pudessem ver pela sua pintura e pelo seu ser criança, o Deus que era seu melhor amigo, o papai do céu que havia lhe enviado ao mundo com a missão de ser um Recado colorido de alegria. 
O clown não é outra pessoa, apenas sou eu em uma face infantil. Tudo aquilo que tenho medo de ser no mundo, com o coração dele eu posso ser sem medo. Não preciso ter receio de ser ridículo, isso é vantagem para o meu palhaço. 
Seja bem vindo ao meu mundo meu novo amigo. Sei que Deus nos reserva grandes coisas, como a pequenez do sorriso de uma criança. Veremos juntos, uma realidade diferente. Pintaremos sorrisos, vidas sendo renovadas... Sou mais feliz por ter-te em minha vida, dentro de mim mesmo. 


Nossa Aquarela


Numa folha qualquer desenharemos um sol amarelo e com cinco ou seis retas faremos um castelo. Corro o lápis em volta da tua mão e te dou uma luva, se acaso chover com com dois riscos você pintará para mim um guarda-chuva. Se um pinguinho de tinta cair num pedacinho azul do papel, veremos uma linda gaivota voar no céu. Ela vai voar e contornar a imensa curva Norte e Sul. Iremos com ela, viajando por Fortaleza, Tatuí e Toulon. Te verei pintar um barco a vela, branco navegando... É tanto céu e mar num beijo azul. Entre as nuvens vai surgir um lindo avião rosa e grená, tudo em volta colorindo, com suas luzes a piscar. Só basta imaginar e ele estará partindo, sereno e lindo, e se agente quiser, ele vai pousar... Numa folha qualquer desenharei um navio de partida e com alguns bons amigos indo ao Recado de bem com a vida. Do Ceará a São Paulo e de lá para França, consigo passar num segundo. Giro um simples compasso e num círculo eu faço um mundo. Miguelito, eu vi um menino Deus a caminhar segurando um Sacramental e um nariz de palhaço e parar em uma porta, sei que ali logo em frente a esperar pela gente, o futuro está. E o nosso futuro é uma incerteza, mas sei que Ele estará a pilotar nossa nave. Com muita alegria, Ele chegará e mudará nossa vida. Pedindo licença e nos convidando a rir e a chorar. Nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá. O fim dela só Ele sabe bem ao certo onde vai dar. Vamos juntos numa linda passarela de uma aquarela que um dia enfim, descolorirá para que Ele mesmo venha pintar... 



Musica Aquarela do mestre Toquinho,vista por meus olhos e os olhos do Miguelito.

9 comentários:

Carlos César disse...

link da letra real da música Aquarela: http://letras.terra.com.br/toquinho/49095/

link para download da música: http://www.4shared.com/file/27451128/9a9102/Toquinho_e_Vinicius_-_Aquarela.html?s=1

Lima Mara disse...

KK eu simplesmente Ameiiiiiiiiiiii, q Deus abençõe toda a tua caminhada, q Ele te guarde e proteja,,,,,,,,,,,,,,,,, VOCÊ É ESPECIAL PARA ELE E PRA TODOS Q TI ADORÃO COMO "EUUUU"!!!!

Carol Li disse...

Fico feliz pelos novos olhos que vc ganhou...
Fico feliz pelo novo coração que vc recebeu...
Que tamanha decisão não seja conseqüência cega do primeiro impulso, fruto da inércia;
Que seja uma decisão fruto de uma profunda reflexão..

E que seu nariz de palhaço nunca deixe de brilhar... beijos de palhaços!!!! Carol Li

Márcio e Ana Paula disse...

Quero ver o Miguelito muitas vezes em ação pois crei que Deus suscitou um grande dom de alegrar as pessoas, especialmente neste Natal dando a tantas crianças carentes de amor um dia especial. beijos Deus o abençoe e Maria interceda sempre por sua caminhada.

Mayara disse...

Meu amor...
Isso não poderia faltar..
ahauhauhauhauhuha
te amo!
bjs
^^'

Carlos César disse...

hehehe A Mayara é uma das pessoas que me chama de miguelito, e foi justamente pq ela me chama assim que eu pensei no nome para o meu clown. E com isso nasceu o Miguelito, minha pequena criança. Eu tenho um amor muito intenso por essa Mayara viu, pessoa importante d+ para mim e também para o Miguelito. Obrigado pelo dom da tua vida que me faz ser melhor a cada dia. Amo-te!

Mayara disse...

ôwm meu amor...
Assim vc me deixa com vontade de chorar...
blé...
¬¬'
Estarei sempre ao teu lado..
Te guiando...
Cuidando de ti...
E o mais importante..
Te aplaudindo!
Te amo..Sempre!

Carlos César disse...

Tenho certeza que esse "blé" vai ser uma das coisas que mais o miguelito vai dizer quando estiver chorando, isso é muito engraçado mayara. V6 precisam ver como ela faz esse "blé" kkkkk

amanda disse...

Nossa que lindoo.. parabéns viu papai do céu te abençõe sempree

Postar um comentário